Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos
TAGs

saúde vacina

Dia D em Santos: como será a campanha de vacinação contra o sarampo (e outras doenças)

  • 1
    Share

A gente dorme pensando na vacina da COVID-19 e acorda ainda sonhando com ela.

Mas, enquanto ela não sai, outras vacinas também precisam da nossa atenção. Por isso, no próximo sábado, 22 de agosto, vai rolar dia D em Santos. A campanha de vacinação acontece em todo o estado e é melhor você conferir se precisa passar em um dos pontos de vacinação.

Como será o dia D em Santos

A campanha é para a vacinação contra o sarampo.

juicysantos.com.br - dia D em Santos

Apesar disso, nas 12 policlínicas participantes aqui de Santos, também será possível tomar qualquer outra vacina, desde que esteja atrasada. Então já pega a sua carteira de vacinação e das crianças e confere se está tudo em dia.

As policlínicas (confira a lista aqui na matéria) ficarão abertas das 9 às 16 horas. Além disso, também haverá posto volante na Praça das Bandeiras, no Gonzaga. Neste caso, apenas para vacinação de pessoas com mais de 12 anos de idade.

Onde ir tomar vacina no dia D em Santos

Zona Noroeste

  • Policlínica Alemoa e Chico de Paula;
  • Policlínica Bom Retiro;
  • Policlínica Rádio Clube;

Centro

  • Policlínica Conselheiro Nébias;
  • Policlínica Vila Mathias;

Orla

  • Policlínica Aparecida;
  • Policlínica Embaré;
  • Policlínica Campo Grande;

juicysantos.com.br - dia D em Santos

Morros

  • Policlínica Marapé
  • Policlínica Morro Nova Cintra
  • Policlínica Morro São Bento

Área Continental

  • Policlínica Caruara

Se você não conseguir comparecer ao Dia D em Santos, a intensificação contra o sarampo segue em todas as policlínicas da cidade até 31 de agosto.

Quem deve ser vacinado

Bebês de seis meses devem receber a dose zero. Além disso, devem ser vacinadas crianças com um ano de idade e com 15 meses.

Para as crianças, adolescentes e adultos com até 29 anos de idade, a campanha prevê que é necessário ter, pelo menos, duas doses de vacina contra o sarampo na carteirinha – o que já ocorre com quem seguiu o Calendário Nacional de Vacinação nos primeiros anos de vida.

Caso não tenha as duas doses, é necessário completar o esquema vacinal.

De acordo com a divulgação, há cerca de 268 pessoas na cidade até 29 anos de idade com apenas uma dose da vacina aplicada. Se você é uma delas, deve aproveitar a campanha para completar as doses. E se não tomou nenhuma vacina, também deve procurar uma das policlínicas.

Além disso, a campanha também prevê a aplicação de uma dose da vacina tríplice viral de forma obrigatória às pessoas que têm entre 30 e 49 anos, independentemente da quantidade de doses que já tomou ao longo da vida.