Juicy Santos
Texto porJuicy Santos
Santos

Cadeia Velha abrigará museu de licitações não concluídas

A cidade de Santos inova mais uma vez, apresentando um museu inédito em solo brasileiro. O museu da Cadeia Velha, que está em obras no momento, abrigará uma mostra permanente de licitações não concluídas. Para prestigiar a cena local foram escolhidos destaques da mostra principal. A obra interativa VLTVai Lamber Temaki ganhará um salão exclusivo.

VLT é uma expressão artística aguardada com muita expectativa. Nela é possível experimentar a sensação de flutuação através de uma alga que se transforma em tapete voador. A instalação é complementada com elementos místicos como uma fonte de molho de soja. Como nos grandes pontos turísticos mundiais, basta jogar uma moedinha e fazer um pedido – como chegar cedo em casa, por exemplo.

Já a suntosa e inovadora instalação Neighboring Guarujá trará um  imenso espaço de respiro no museu com duas aplicações no solo – um peixe solitário e uma pérola. “A ideia é imaginar como seria o caminho para ligar o peixe a pérola conectando o processo orgânico aquoso ao seu eu interior durante o trajeto holístico” – diz o criador da obra que não teve a identidade revelada.

A Point Pencil é outra obra que precisa ser vivenciada com todo seu lirismo. O visitante poderá interagir com a obra, pintando-a de vermelho sangue. “Assim o santista reflete genuinamente seu gosto pelos ícones americanos, transformando a Point Pencil em Golden Gate em instantes.” – afirma o artista São Francisco Vicente Abercrombie.

A mostra principal (que reúne essas e outras licitações não concluídas) será chamada de Outblack. “Pra representar todo o blackout, o vazio, a desconexão de um ponto ao outro”, diz a curadora e curandeira Doninha Dantas.

Na mostra paralela, será apresentada curadoria de filmes LGBTTTX de Lucimara Jungle com o tema Areião.

museu-cadeia-velha

Para agradar a todos os públicos (e deixar a Bolsa do Café cheia de recalque)  o museu Cadeia Velha abrigará uma Starbucks 24 horas que trará blends exclusivos, incluindo o inédito Jacool de Mer (Jacú do Mar).

O horário de funcionamento será ás segundas-feiras para visitação de não artistas. O ingresso free-(p)ass population (que inclui todas as mostras) custará R$ 100 reais. A expectativa de público estimada supera o hiper realismo de Ron Mueck – mas só vai dar para acreditar vendo.

Quem está ansioso deve ter paciência: o novo museu da Cadeia Velha não tem data prevista para ficar pronto.

outblack-santos