Clique aqui e confira também nosso tema da semana

Santos Film Fest chega à 10ª edição com mais de 70 filmes gratuitos

Se Santos é uma cidade criativa em audiovisual pela Unesco, um dos motivos é, com certeza, ter festivais de cinema que valorizam e celebram essa arte. E o Santos Film Fest é um deles.

Em sua décima edição, a mostra vai agitar a cidade entre os dias 18 e 26 de junho com muito cinema, encontros com grandes nomes da sétima arte e diversas atrações gratuitas espalhadas por mais de 15 espaços nos bairros, incluindo Cine Roxy, Cine Arte Posto 4, Cinemateca de Santos, Novotel, Concha Acústica e muito mais.

Essa verdadeira maratona de filmes começa com a abertura oficial no Cine Roxy 5, às 19h30 do dia 18 (quarta-feira), quando o festival homenageia a atriz Carol Castro, a diretora Julia Rezende e o professor e cineasta Wanderley Camargo. Nesse dia, os filmes da abertura serão o curta documental Triângulo de Tebas, sobre o arquiteto negro santista Tebas, com direção de Lukinha Figueiredo e Luciano Quirino e o longa Ainda Somos os Mesmos, de Paulo Nascimento, com Carol Castro.

Ainda Somos os Mesmos é um filme de drama baseado em fatos que relata a realidade de sobreviventes da ditadura chilena. E a retirada do ingresso poderá ser feita no dia 18 de junho a partir das 16 horas, ao lado do café do Cine Roxy.

Além disso, várias estrelas do cinema nacional passam por aqui ao longo de uma semana de atividades, como os atores Luciano Quirino, Ondina Clais e Bete Mendes, o diretor Sérgio Rezende, os cineastas Dandara Ferreira, André Sigwalt, Augusto Fonseca, a editora-chefe do Adoro Cinema Aline Pereira e vários outros.

Mais de 70 filmes no Santos Film Fest

O Santos Film Fest construiu uma jornada relevante ao apoiar e divulgar a produção regional e o cinema nacional, além de enfatizar a memória cinematográfica e a diversidade nos filmes.

Por isso, é um dos eventos mais esperados por quem ama cultura aqui na cidade.

Todas as exibições são gratuitas e abertas ao público. Então, vale a pena ficar de olho nas redes sociais do Santos Film Fest e no site oficial para ver a programação completa.

Veja alguns dos destaques do Santos Film Fest 2024

  • 19 de junho, às 14h, no Cine Roxy: estreia do novo documentário do consagrado diretor brasileiro Sérgio Rezende (“Guerra de Canudos”, “Lamarca”, “Salve Geral”, “O Paciente”, “Em Nome da Lei”). Narrado pelo cineasta, que assina roteiro e direção, o longa-metragem Sertão Sertões se propõe a tecer uma reflexão não apenas sobre o Brasil profundo como também sobre o abismo social e as realidades antagônicas de um país dividido.
  • 19 de junho, na Unisantos: a cineasta Dandara Ferreira apresentará “Meu Nome é Gal”, cinebiografia da cantora Gal Costa. A exibição será seguida de bate-papo com a diretora.
  • 22 de junho, às 17h, rola sessão ao ar livre, na Concha Acústica, em celebração aos 40 anos de “Karatê Kid: A Hora da Verdade”, bem na data que o filme foi lançado em 1984. A projeção será acompanhada de uma pequena orquestra do projeto Cine Concerto, do maestro Anselmo Mancini. Após a exibição, haverá bate-papo com o crítico de cinema do UOL, Roberto Sadovski.
  • 23 de junho, no mesmo horário, será a vez do clássico “Tempos Modernos”, de Charlie Chaplin, acompanhado pela banda power trio formada por Maurão, Markosi e Jota Amaral performando a trilha sonora.
  • 25 de junho: homenagem à família Barreto, que já produziu mais de 120 filmes brasileiros, com três títulos importantes dessa trajetória: “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (16h), de 1976, de Bruno, por muito tempo a maior bilheteria do cinema nacional, “Isto é Pelé” (18h30), de 1974 e dirigido por Luiz Carlos Barreto, o Barretão, seguido de bate-papo com as lendas do Santos Futebol Clube Manoel Maria (melhor amigo de Pelé) e Lima e, às 21h, o documentário “Barretão”, de Marcelo Santiago, que estará presente representando a família e receberá a homenagem.

Então, para não perder um só momento desse rolê, confira a agenda completa no site do Santos Film Fest.

Texto porFlávia Saad
Santos (SP)