Texto porWagner Alcântara

O verão em que Pepeu Gomes transformou Santos em Salvador

  • 3
    Shares

A chegada da temporada projeto planos e resgata lembranças. Esta que lhes trago agora tem a ver com esse período, para muitos o mais esperado do ano.

Viajo precisos 28 anos no tempo. Desembarco na temporada 1991/1992, comecinho, portanto, da década de 90, quando a cidade comemorava procura recorde de turistas.

Era o verão da recuperação da balneabilidade das praias. Depois de décadas, graças a um trabalho do poder público de combate a ligações clandestinas de esgotos na rede de drenagem, de instalação de comportas nos canais e consequente desvio do fluxo para o emissário submarino, as águas santistas voltavam a ficar próprias para banho.

Aqui tem dicas para curtir o verão em Santos

Eram tempos, também, em que toda semana, de dezembro até o Carnaval, havia shows gratuitos na orla.

Nessa temporada em questão, Gilberto Gil, Biquíni Cavadão, Paulinho da Viola, Lobão, Martinho da Vila, Bezerra da Silva, Dona Ivone Lara e Eliana de Lima, entre outros nomes, levaram muita gente – da cidade e visitantes – a curtir música boa à beira-mar.

Um novo baiano em Santos

Agora, quem arrastou mesmo uma multidão naquela Santos dos anos 90 foi um dos maiores guitarristas da história da música mundial. Pepeu Gomes, ex-Novos Baianos, se apresentou, com seu trio elétrico, quatro vezes em um intervalo de um pouco mais de uma semana.

Primeiro, no saudoso “Dona Doroteia, Vamos Furar Aquela Onda?”, às vésperas do Carnaval. Nos dias da Folia de Momo, já na virada de fevereiro para março, repetiu a dose.

Pepeu Gomes e seu trio elétrico percorreram a avenida da praia, numa tarde; na seguinte, sacudiram a Zona Noroeste e, no Sábado da Apoteose, voltaram a arrastar uma multidão, numa tsunami de axé. Milhares seguiram, foram puxados pelo embalo da música do baiano.

www.juicysantos.com.br - pepeu gomes em santos

Pepeu Gomes transformou as avenidas de Santos num autêntico circuito Barra-Ondina de Salvador. Levou e levantou todo mundo, lavou a alma de uma porção de gente, de todas as idades, várias origens, várias raízes.

A avenida da orla foi tomada pelo mar. Por um mar de alegria a preparar o povo para o outono, para o ano.

*A coluna Santos90, dedicada a resgatar a memória da cidade e da região na década mais divertida do século XX, tem autoria de Wagner de Alcântara Aragão, em colaboração para o Juicy Santos.