Ludmilla Rossi
Texto porLudmilla Rossi
38 anos - Santos

Cibus restaurante – Nostalgia de Santos

Vamos falar do Cibus Santos restaurante para reforçar a seção nostalgia santista. Já fizemos o Lendas vivas (ou não) da noite santista (clique para ler),  também o resgate da memória do Bar do 3, e continuamos nos deparando com a quantidade de lugares legais e estabelecimentos que deixaram saudades na cidade de Santos e nos santistas.

Retornei a Santos em 1993, e o Cibus Santos ainda estava aberto. Eu não frequentei o restaurante pois ainda era criança, mas passava em frente todo santo dia voltando da escola. Eu adorava a logomarca do Cibus, ficava em dúvida se o nome do restaurante era “Aibus” ou “Cibus” (olha que viagem… haha). Ouvi dizer que o Cibus era na época algo que faz bastante falta atualmente na cidade, na minha ótica: um piano bar!

O Cibus Santos era considerado na época um “restaurante chique”, de culinária internacional. Algumas pessoas com as quais conversei disseram que era culinária internacional, e outras que era culinária francesa. Alguém confirma essa informação? No anúncio abaixo diz que é cozinha internacional mesmo, mas muita gente afirma que era cozinha francesa… ó dúvida.

Anúncio publicado na revista Santos Verão 1987

Acho o logo do Cibus super vanguardista para a época! Mesmo! Atualmente onde ficava instalado o restaurante ficava a Drogaria Iporanga, e na seqüencia a Poupafarma (que se encontra lá até os dias atuais).

Anúncio do Cibus no ano de virada para o Plano Real. Pagamento em URVs!

O proprietário do Restaurante Cibus era o Sr. Izo Silvio, e o chef de cozinha era o Sr. José Benedito Milan (carinhosamente conhecido como Milani). Milani trabalhou no Cibus por 17 anos e faleceu em novembro de 2010, já bem velhinho. O Jornal Vicentino fez uma entrevista excelente com Milani, clique para ler.

Créditos
Propagandas antigas – Novo Milênio
Foto do Cibus – @cidadedesantos