Texto porDaniel Cid

5 melhores RPG do Super Nintendo

Se você é um jogador de RPG, ou já foi em algum momento da sua vida, certamente o grande responsável por entrar nesse universo foram os vídeo games de 16 bit ou seus emuladores. Principalmente os jogos lançados no Super Nintendo, chamados de JRPG.

Esses jogos desenvolvidos no Japão marcaram a vida de muita gente.

E é homenageando esses games que trazemos aqui uma listinha com 5 títulos que se tornaram memoráveis. Você vai relembrar personagens marcantes e enredos que que nos faziam ficar dias e dias jogando até concluir suas histórias.

Uma seleção dos melhores RPG para Super Nintendo

1. The Legend of Zelda: A Link to the Past (1991)

É impossível falar de Nintendo e RPG sem citar Zelda, franquia que arrebata apaixonados desde sua estreia, no antigo Nintendinho.

Este é o terceiro jogo da série e sua história se passa séculos antes dos dois primeiros, com ancestrais ou reencarnações de Link e Zelda dos dois primeiros jogos.

Aqui, encontramos Link recebendo uma mensagem telepática da princesa Zelda pedindo ajuda. Ela foi sequestrada pelo bruxo Agahnim, que dominou o reino de Hyrule e também capturou outras donzelas. O vilão planeja destruir a barreira para o Dark World e libertar Ganon, um antigo senhor das trevas.

Para evitar isso, o nosso herói de gorro verde parte em mais uma aventura para resgatar a princesa e salvar o dia.

Espero que, até aqui, você tenha entendido que Zelda é a princesa.

2. Breath of Fire (1993)

Este ano, comemora-se os 25 anos do lançamento do primeiro jogo dessa franquia que se iniciou no Super Nintendo (eita vídeo game bom pra lançar RPG!).

Aqui, conhecemos o jovem Ryu, que pertence a uma antiga linhagem de dragões da luz. São criaturas de grande poder que poderiam assumir formas humanas.

Como todo bom RPG, um conflito precisa surgir para tirar nosso herói do conforto de sua vila. E este problema surge através de Zog, o implacável imperador dos dragões das trevas. Ele destrói a vila do jovem rapaz e sequestra sua irmã (sempre precisa envolver a família, né?).

Inimigo natural da espécie de Ryu, Zog planeja reunir as 6 chaves mágicas para libertar a deusa Tyr, que lhe considera poder para dominar o mundo. E é a missão de Ryu evitar isso.

3. Final Fantasy VI (1994)

Quando falamos em Final Fantasy, provavelmente você deve se lembrar do VII, tido por muitos como o melhor jogo de Playstation 1. Mas o seu antecessor, em uma plataforma menos poderosa, consegue ser tão bom quanto. E, para alguns, até supera o adorado FFVII.

Em um mundo onde a magia está extremamente rara, a sociedade evoluiu através da tecnologia do carvão e da pólvora. Neste cenário steampunk, o maligno império liderado por Gestahl, utiliza uma garota meio esper, meio humana, para encontrar o mundo escondido dos espers e dominar a magia. Afinal, o que são esses espers?

Esses seres são criaturas mágicas que decidiram se separar da humanidade há cerca de mil anos atrás. E, para encontra-los, Gestahl conta com implacáveis generais, dentre eles, Kefka, considerado um dos personagens mais carismáticos e insanos de toda a franquia Final Fantasy.

4. Chrono Trigger (1995)

Neste game, acompanhamos as aventuras de Crono, Marle e Luca em suas viagens no tempo. Nelas, encontram novos companheiros para deter a temível entidade Lavos.

Com uma história marcante, diversos finais e gráficos acima da média para a sua época, Chrono Trigger é considerado um dos melhores jogos de todos os tempos. Como dá pra perceber na foto, um dos responsáveis por este game é ninguém menos do que Akira Toriyama, criador de Dragon Ball. Mais mérito, impossível, né?

www.juicysantos.com.br - 5 melhores RPG do Super Nintendo

5. Tales of Phantasia (1995)

A série ToP é uma das franquias mais conhecidas e amadas no mundo dos JRPGs. E tudo isso se iniciou com este game.

Na história, conhecemos Cless Alvein e Chester Barklight, dois jovens da pequena vila de Totus. Certa manhã, eles decidem sair para caçar na floresta próxima. Mas, ao retornarem, percebem que a vila estava destruída e todos os habitantes mortos. Para vinga-los, Cless acaba viajando em busca de respostas.

É aí que a aventura se inicia, com uma trama que envolve magia, tecnologia e viagens no tempo (realmente essa era a moda nos anos 90). Cless e seus amigos deverão enfrentar o poderoso e louco rei Dhaos, para salvar o seu mundo.

E se você achou uma heresia esta lista não conter nenhum jogo da série Dragon Quest, entenda que infelizmente, apesar de toda sua qualidade, esses jogos não fizeram tanto sucesso no Ocidente. Por isso, os jogos que escolhi foram amplamente divulgados por estas bandas.

Ficou animado com o tema? Que tal ler a nossa crítica para O Príncipe Dragão. Excelente animação de fantasia medieval da Netflix.