Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Cobrança indevida no Bike Santos: já aconteceu com você?

O Bike Santos chegou à cidade em 2012 e rapidamente cativou o coração da galera.

Afinal de contas, a ideia de se locomover pedalando pelas nossas ciclovias é bem atrativa, né? Ainda mais quando não precisamos nos preocupar se o local em questão tem bicicletário (um probleminha santista). É só deixar na estação e seguir a pé.

Mas, o que deveria ser uma facilidade se tornou dor de cabeça para alguns usuários.

Além do estado de algumas bicicletas, agora é preciso ficar de olho na fatura do cartão de crédito.

bike santos

“Esse problema vem acontecendo desde novembro de 2015, quando minha mãe levou um susto com a fatura do cartão. Nunca reparamos se em outros messes houve cobranças, mas um valor tão alto não tinha como passar batido”, explica Lucio Fernandes, que entrou em contato com a gente relatando o problema.

O valor em questão é R$ 300!

Funcionamento das cobranças

Nós lemos o termo de adesão do serviço e entramos em contato com a empresa, só para ter certeza. Os primeiros 45 minutos de uso são isentos de pagamento, depois disso você é debitado em R$ 5 por cada período de mesmo tempo.

Os espertinhos que pedalarem o tempo gratuito e trocarem de bicicleta, pensando que continuarão passeando na faixa, pagam R$ 15 de multa. É preciso esperar 15 minutos antes de pegar outra bicicleta.

Caso você pegue a bike e, ao começar a pedalar, note que algo está errado – pneu murcho, sem freio, pedal quebrado… -, é necessário ligar na central de atendimento (que não é 0800!) e avisar. Nesse caso, o usuário pode devolver a bicicleta e pegar outra, sem esperar 15 minutos e sem pagar nada.

“Eles me disseram que iriam mandar o relatório de movimentação, explicando as cobranças, mas nunca recebi nada”, continua o Lucio que até confessou que, às vezes, fica mais de 45 minutos, mas afirma que o valor cobrado foge de qualquer atraso ocorrido.

Antes de redigir a matéria, nós pesquisamos se o caso do Lúcio é único. Pois não é.

O Reclame Aqui tem várias experiências similares, tanto aqui em Santos quanto em outras cidades que utilizam o serviço da Samba Transportes Sustentáveis.

Leia também:
Cartão transporte volta a funcionar no Bike Santos
Bike Santos tem o horário ampliado, mas problemas continuam

Solução do problema

Depois de muito tempo ouvindo uma musiquinha insuportável (exatamente 20 minutos), uma atendente explicou – com uma má vontade dos deuses – que é preciso entrar em contato e passar o número de telefone cadastrado, para que eles verifiquem ao que se refere a cobrança. Ainda segundo ela, caso o valor seja indevido, é feito um estorno.

Nós tentamos contato diretamente com a empresa, por e-mail e via inbox, mas até a publicação dessa matéria, não obtivemos resposta.

Também tentamos falar com outros usuários que expuseram seus problemas no Reclame Aqui, e segundo eles, até o momento, o dinheiro não foi devolvido 🙁

Esperamos que esses casos sejam isolados e que o problema seja resolvido, porque pedalar por aí é uma delícia e o Bike Santos tem a cara da nossa cidade e é uma mão na roda pra enfrentar o trânsito.

E você, já teve algum problema como esse?

* Imagem de Marcus Cabaleiro