Aline Brentegani
Texto porAline Brentegani

Um dia na Pinacoteca de São Paulo

Dia desses tive o prazer de conhecer a Pinacoteca de São Paulo. Shame on me ter demorado quase 32 anos pra isso. Pra quem já visitou algumas pinacotecas no mundo afora, não conhece a da sua própria capital, é mesmo uma vergonha. E você? Já tirou um dia pra visitar essa beleza?

pinacoteca de são paulo

pinacoteca de são paulo

Instalada num prédio lindíssimo, que no século XVII foi uma indústria e depois uma escola técnica, desde 1905 dá lugar ao museu de arte mais antigo da cidade. Na década de 90 passou por uma ampla reforma e hoje abriga mais de 9 mil obras de arte.

As exposições e obras têm ênfase na produção brasileira do século XIX à contemporaneidade.

pinacoteca de são paulo

Esqueça o carro e vá de metrô! Desça na estação Luz e procure o Parque da Luz. Já começa ai a diversão. Um parque que nunca tinha me dado conta que existe e é um oásis de paz e beleza no meio da Av. Tiradentes. Aproveite para descansar ali das comprinhas no Bom Retiro!

Veja mais dicas de São Paulo na seção Achados em São Paulo

pinacoteca de são paulo

Na entrada é possível se juntar a um dos tours guiados por jovens monitores, estudantes de artes e contratados pelo local, ou pegar um aparelho do audioguide. Dessa vez fui num tour com uma moça super jovem e divertida. Ela nos levou para conhecer as 11 salas de exposições e nos apresentou algumas das obras mais famosas.

As salas são organizadas pela cronologia das obras. Comecei pela parte das produções da época da colonização. Dêem uma olhada nesse quadro, de autor não identificado, feito na segunda metade do século XVII, possivelmente retratando a algum português o que os colonizadores viam nas terras tupiniquins. Obviamente de maneira bem equivocada:

pinacoteca de são paulo

Não vou conseguir descrever os detalhes da grandiosidade das obras. Alias, precisaria voltar lá muitas vezes pra começar a entender cada obra mais aprofundadamente. Além disso, reparei muito nas molduras e nos formatos de algumas obras antigas e fiquei simplesmente apaixonada. Vejam:

pinacoteca de são paulo

Rio de Janeiro, 1844. De Alessandro Ciccarelli.

pinacoteca de são paulo

Esta obra me encantou pela riqueza dos detalhes das pinceladas. Parece uma neblina, uma coisa fantástica:

pinacoteca de são paulo

A obra mais famosa, ou melhor, que eu reconheci mais prontamente, foi o Mestiço, de Cândito Portinari, 1934:

pinacoteca de são paulo

Agora é com você! Da próxima vez que for a São Paulo, reserve um tempo pra visitar esse oásis de cultura no meio do centro de São Paulo.

Serviço

Pinacoteca de São Paulo

Praça da Luz, 2 – Luz – Tel.: (11) 3324-1000

De 3a a domingo, das 10 às 18 horas (entrada até as 17h30 e às quintas-feiras aberto até as 22 horas)

Ingressos de R$ 6 a R$3 para estudantes (gratuito para crianças de até 10 anos, maiores de 60 anos e às quintas-feiras após as 17 horas)

www.pinacoteca.org.br