Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

5 obras-primas que podem ser vistas pertinho de Santos

Em uma aula da faculdade, um professor defendeu que quem estuda Comunicação precisa entender de arte.

Segundo ele, a única forma de fazer isso era arrumando as malas para pegar o próximo voo com destino à França e ter em mãos um roteiro com todos os museus de Paris. O conselho era: esqueça a Torre Eiffel, vá visitar os museus.

O Louvre deve ser incrível. Não há dúvidas.

Mas, se juntássemos a grana da carteira de todos que assistiam à aula naquele momento, provavelmente, não somaria nem 10% do valor necessário para uma pessoa da turma fazer essa viagem e contar a história.

A questão é: precisamos ir tão longe para apreciar obras de arte?

Não. Uma prova disso é que só em São Paulo existem mais de 150 museus esperando a nossa visita. Nomes conhecidos no mundo inteiro estão expostos há menos de 2 horas de Santos, em um rolê que pode ser feito com R$ 100 (amém, BláBláCar).

O Juicy Santos separou 5 obras-primas que podem ser visitadas pertinho de Santos.

Se você quer conhecer de arte, fique tranquilo que não vai ser necessário embarcar para a Europa se você não tiver a grana sobrando.

Arte para todos

A cultura é para todos 😉

Cândido Portinari

Mestiço é uma obra pintada em 1934 e está disponível para visitação na Pinacoteca de São Paulo.

Essa é a obra mais conhecida de Cândido Portinari e mostra um trabalhador de braços fortes em frente a plantações de café e de banana. Os traços corporais do homem denotam a origem miscigenada da população brasileira, enquanto as grandes proporções da cabeça e das mãos indicam a exaltação da classe operária.

www.juicysantos.com.br - candido portinari pinacoteca de sp

Sobre o artista

Paulista nascido na pequena cidade de Brodowski, na região de Ribeirão Preto, Portinari foi um dos grandes representantes do Modernismo e o pintor brasileiro que alcançou maior prestígio internacional, tendo produzido em sua vida mais de cinco mil obras.

Vai lá

A Pinacoteca fica na Praça da Luz, 2.  Funciona de quarta a segunda-feira, das 10h às 17h30. Tem bicicletário e estacionamento gratuito.  Sábado a entrada é gratuita, no resto da semana sai por R$ 6 (com meia-entrada para estudantes com carteirinha).

Tarsila do Amaral

Pintada em 1924, a tela Estrada de Ferro Central do Brasil tornou-se um ícone do Manifesto e Movimento Pau-Brasil, contrapondo uma paisagem rural ao progresso representado pela estrada de ferro.

www.juicysantos.com.br - tarsila do amaral no museu de arte contemporânea de são paulo

A obra está disponível no Museu de Arte Contemporânea e apresenta cores fortes com uma composição geométrica influenciada por Fernand Léger, artista que colocou em prática um cubismo mais flexível do que aquele feito por Picasso (ele também foi professor de Tarsila no período em que ela morou na França).

Além dela, também estão disponíveis, da mesma artista, o clássico Abaporu, Antropofagia, Operários e A Negra.

Sobre a artista

Tarsila do Amaral foi uma artista plástica brasileira que ficou conhecida como uma das mais importantes pintoras da primeira fase do modernismo. Ao lado dos escritores Oswald de Andrade e Raul Bopp, inaugurou o movimento denominado Antropofagia. Neste ano de 2018, ela ganha uma individual inédita em Nova Iorque.

Vai lá

O Museu de Arte Contemporânea (MAC) fica na Av. Pedro Álvares Cabral, 1301, Vila Mariana. O espaço é aberto às terças-feiras, das 10 às 21 horas e de quarta a domingo, das 10 às 18 horas. A entrada é gratuita.

Pablo Picasso

Figuras, de Pablo Picasso, pertence ao acervo permanente do mesmo MAC.

A tela data de 1945, de autoria do pintor espanhol Pablo Picasso e apresenta dois rostos convergindo. A obra, cujas formas remetem ao símbolo pelo qual o ying-yang é caracterizado, mescla referências surrealistas (mais predominantes) e elementos cubistas (como a perspectiva angulada e geometrização).

www.juicysantos.com.br - picasso em são paulo

Sobre o artista

Picasso praticamente dispensa apresentações. É conhecido como um dos artistas mais polêmicos e influentes da história da arte do século 20.

Vai lá

O Museu de Arte Contemporânea fica na Av. Pedro Álvares Cabral, 1301, Vila Mariana. O espaço é aberto às terças-feiras, das 10h às 21 horas e de quarta a domingo, das 10h às 18 horas. A entrada é gratuita.

Auguste Renoir

Também conhecida como Rosa e Azul, a pintura Meninas Cahen d’Anvers, feita a óleo pelo impressionista Auguste Renoir, pode ser apreciada em uma visita ao MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand.

www.juicysantos.com.br - Meninas Cahen d'Anvers no masp

Pintado em 1881, o quadro exibe as irmãs Elizabeth e Alice Cahen d’Anvers, integrantes de uma família aristocrata da cidade italiana de Trieste.

Sobre o artista

Pierre Auguste Renoir foi um importante artista plástico francês que fez parte do impressionismo e destacou-se por suas lindas pinturas.

Vai lá

O Masp fica na Av. Paulista, 1578, Bela Vista. Funciona de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas. Todas as quintas-feiras, funciona até as 20 horas. A entrada é gratuita nas terças-feiras, no restante da semana custa R$ 30 (com meia entrada para estudantes, professores e maiores de 60 anos).

El Greco

O tema da Anunciação é recorrente na obra do pintor e escultor grego Doménikos Theotokópoulos, conhecido como El Greco.  O quadro está exposto no MASP e representa um trecho do Evangelho de São Lucas.

www.juicysantos.com.br - el greco no masp

Sobre o artista

Nome forte da Renascença espanhola (pois morou a maior parte da vida nesse país), El Greco é considerado um dos precursores de outros dois movimentos: expressionismo e cubismo.

Vai lá

O Masp fica na Av. Paulista, 1578, Bela Vista. Funciona de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas. Todas as quintas-feiras o funcionamento é até às 20 horas. A entrada é gratuita nas terças-feiras, no restante da semana custa R$ 30 (com meia entrada para estudantes, professores e maiores de 60 anos).