Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

De graça em NY: o que dá para fazer com 0 dols

Nova Iorque é sinônimo de muitas coisas e tem vários apelidos, como, por exemplo: cidade que não dorme, Big Apple, capital do mundo e sonho.

A cidade também tem a fama de ser uma das mais caras do planeta.

O que significa que, se acaso você tem NY na sua lista de lugares para conhecer, precisaria de uma quantidade considerável de dólares para isso. Precisaria, pois o Juicy Santos está aqui para facilitar a sua vida até mesmo em outro continente e vai te mostrar que possível se divertir de graça em NY. 

Sim, estamos falando de 0 dols e experiências incríveis. Com direito a fotos para o seu instagram e economia para provar um cronut ou assistir uma peça da Broadway.

Se você está com viagem marcada, aqui vai encontrar um roteiro econômico e maneiro.

Já se acha que NY é impossível para o seu orçamento, talvez mude de ideia.

O que fazer de graça em NY

Por incrível que pareça, há muito o que fazer de graça em Nova York. A lista de opções tem desde pontos turísticos super famosos, museus, parques e até shows. Algumas atrações são gratuitas em todos os dias do ano, mas há casos de locais que abrem com a catraca livre apenas em dias, horários específicos ou até estações específicas, como inverno ou verão. Então aqui está a nossa primeira dica: anote tudo e fique atento durante a viagem para não se confundir.

Também é importante que você tenha em mente o estilo de viagem que quer fazer e locais que pretende conhecer. Afinal, o apelido de capital do mundo não é à toa: há muita coisa legal em Nova Iorque e, dependendo da quantidade de dias que você for ficar, não vai dar para conhecer tudo em uma vez apenas. Outra coisa importante na hora de montar o seu roteiro para NY é agrupar destinos de acordo com a distância. Deste modo, você economiza o transporte e também a sua energia 😉

Dito isso, vamos a uma lista de pontos turísticos e locais clássicos que são de graça em Nova Iorque:

  • 5th Avenue
  • Apollo Theater
  • Bondinho Roosevelt Island
  • Central Park
  • Charging Bull
  • Coney Island
  • Estátua da Liberdade
  • Grand Central Terminal
  • M&M’s World
  • Macy’s
  • Oculus – World Trade Center Station
  • Rockefeller Center
  • St. Patrick’s Cathedral
  • Times Square
  • Travessia da Brooklyn Bridge

www.juicysantos.com.br - de graça em Nova Iorque

Esses são locais onde você pode ir em qualquer dia da semana e horário e não gastar nada. Achou muito? Pois então se prepare, esse foi só um aquecimento a lista de verdade começa agora. *risos*

Grátis em NY, mas não sempre

Assim como acontece em alguns pontos turísticos do Brasil, em Nova Iorque existem locais onde a entrada é paga, mas existem exceções em dias e horários determinados. Ou seja, esses são os melhores dias para colocá-los no seu roteiro de viagem.

Para começar, é possível fazer uma visita guiada pela Grand Central Station toda quarta-feira às 12h30. O passeio dura 90 minutos e é uma oportunidade para conhecer a história do local e também sua riqueza de detalhes. O ponto de encontro é em frente a cabine de informações no salão principal. Já o Brooklyn Botanic Garden tem entrada gratuita em todos dias entre novembro e fevereiro, mas se acaso a sua viagem for em outra época do ano, a visitação só é gratuita às terças e sábados, das 10 às 12 horas.

Para quem ama arte, o Museum of Modern Art (MoMA) é uma parada obrigatória. Vá numa sexta-feira, pois entre às 16 e às 20h30, a entrada é gratuita graças ao patrocínio da Target. Outro museu para conhecer é o The Whitney Museum of American Art, neste caso a entrada é isenta de pagamento aos sábados das 17h30 às 19h45.

www.juicysantos.com.br - de graça em nova iorque

Se você faz parte da turma que ama cerveja artesanal, é provável que queira fazer a Brooklyn Brewery Tours. Mas calma, a tour da cervejaria é gratuita aos sábados, das 13 às 17 horas e aos domingos, das 13 às 16 horas. Saem turmas a cada hora, então é legal chegar um pouquinho mais cedo.

Também é possível dar um rolê de barco na faixa, com o Staten Island Ferry. O passeio parte da ponta sul de Manhattan até a ilha Staten Island e é considerado uma atração imperdível pela maioria dos turistas, não só por ser de graça em Nova Iorque mas também pela vista mega diferente da cidade.

E não esqueça de visitar um santista em NY

Dica final do Juicy Santos sobre Nova Iorque: Santos é um ovo e o mundo também. Por isso, é muito fácil encontrar um conterrâneo nas suas viagens internacionais. No caso de Nova Iorque, estamos falando de José Bonifácio, figura ilustre da cidade homenageada na Big Apple. Então, esse é mais um rolê 0800 que você precisa fazer!

Estátua de José Bonifácio em Nova York

Nós já contamos essa história por aqui, mas vamos a um breve resumo: a estátua de Bonifácio está em Nova York desde 1954 e atualmente encontra-se no Bryant Park. O monumento em homenagem ao santista faz parte de um conjunto de estátuas de heróis da independência dos países americanos.

Vale dar uma passada por lá e dar aquela moral ao Bonifácio. O parque também é bem maneiro!

Pague o quanto puder

Continuando a nossa lista de opções de graça em Nova Iorque, também é importante dizer que, em alguns locais, a entrada é sempre paga. Mas há a possibilidade de desembolsar o quanto você quiser/puder. Claro que isso não fica escrito na bilheteria, ou seja, você vai precisar colocar seu inglês para jogo e dizer que o quanto quer pagar. Mas pode fazer sem medo, é regra e sempre funciona 🙂

O Museu Metropolitan, mais conhecido como Met, tem essa regra em todos os dias e horários. O valor da entrada é de $ 20, mas você pode pagar o quanto puder (até mesmo 1 dólar), basta avisar na hora de comprar o seu bilhete. O American Museum of Natural History, onde acontece a história do filme Uma noite no museu, custa US$ 16. Mas também é possível pagar o que couber no seu orçamento. Os shows do planetários são pagos à parte e, neste caso, é necessário desembolsar o valor integral, a não ser que vá na última hora (das 16h45 às 17h45), pois nesse horário a catraca é livre!

www.juicysantos.com.br - de graça em nova iorqueImagem: Aditya Vyas para Unsplash

Você também paga o quanto quiser no Children’s Museum of Art, mas apenas às quintas-feiras e das 16 Às 18 horas. No International Center for Photography, isso é possível toda sexta-feira, das 17h às 20 horas. E, por fim, no The Guggenheim, o sistema é válido aos sábados, das 17h45 às 19h15.

Compre o seu Citypass

Outra maneira de economizar MUITO é garantido o seu citypass em Nova Iorque.

Em resumo, esse ingresso garante a sua entrada em seis pontos turísticos da cidade (você pode escolher entre vários que são credenciados). Primeiramente, você economiza dinheiro, pois independentemente dos locais escolhidos, a visita sais mais barata do que comprar os seis ingressos avulsos. Além disso, se acaso a sua viagem for em um período de temporada (o que em NY é praticamente sempre), você vai evitar as grandes filas das bilheterias e conseguir passear bem mais.

Mas, atenção: o passe vale por 9 dias. Então tem que comprar e já começar a usar para fazer valer cada centavo (afinal, custa US$ 126 para adultos).

www.juicysantos.com.br - de graça em nova iorqueImagem: Reprodução

O Citypass é vendido online. A troca pelo ingresso é feita na bilheteria dos pontos turísticos. Para isso, é necessário ter em mãos o voucher impresso (enviado para o seu e-mail) e um documento com foto. Última dica: se acaso você comprar o Citypass, lembre-se de confirmar se as atrações que está escolhendo não estão na lista de locais onde é possível escolher o valor da entrada. Afinal, a ideia é economizar o máximo de dólares possível, né?

Hospedagem de graça em Nova Iorque

Gostou a lista de coisas para fazer de graça em Nova Iorque?

E se a gente te disser que também é possível se hospedar na faixa na cidade? Pois é, e nós não estamos falando de trabalhar em hostel na metade do seu tempo. É simplesmente a oportunidade de dormir no sofá de alguém que também ama viajar. Para isso basta fazer parte da comunidade do couchsurfing. 

Em resumo, essa é uma comunidade de viajantes que oferece um quarto ou sofá para viajantes. Ou seja, você vai dormir de graça na casa de uma pessoa que vive em NY. E isso também vale para várias outras cidades do mundo, inclusive Santos! Você se cadastra no site, vê a disponibilidade de hospedagem na data desejada e combina direto com a pessoa que vive na casa. O mais legal é que é possível ver a avaliação de outros viajantes, para não cair numa cilada.

E você nem precisa oferecer a sua casa. Pode apenas dormir e curtir de graça em Nova York!

Outras opções para economizar na hora de dormir são: ficar num hostel ou optar por um Airbnb. E também é possível economizar nas suas passagens utilizando milhas aéreas. E a gente te conta como aqui nesse outro post.

Conclusão: é possível curtir de graça em Nova Iorque em boa parte do tempo. Então, coloque a cidade nos seus planos para os próximos anos e salve esta matéria para sua próxima visita.

Boa viagem e não deixe de cantarolar New York, New York de Sinatra e Empire State of Mind da Alicia Keys sempre que estiver curtindo de graça em Nova Iorque 🙂