Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

Lenine, Mia Couto e muito mais na Semana de Educação em Santos

  • 1
    Share

Professores, pais de alunos e o público geral que tenha interesse por educação podem marcar na agenda esse compromisso. Entre os dias 19 e 21 de julho (segunda a quata-feira), acontece a 32ª Semana da Educação Professor Paulo Freire. Também conhecida como semana da educação em Santos.
Neste ano, o evento será totalmente remoto e gratuito.

Além disso, a programação confirmou a participação de personalidades nacionais e internacionais. Ou seja, imperdível!

O que vai rolar na Semana da Educação em Santos

No total, 43 atividades serão transmitidas no canal do evento no YouTube (clique aqui). Em comum, está o tema Percursos significativos em tempos singulares – um oceano de possibilidades.

Além disso, também vão rolar apresentações artísticas.

Na abertura, por exemplo, que acontece segunda-feira, 19 de julho, às 9h30, vai rolar apresentação do Lenine. Uma palestra do escritor Mia Couto e uma mesa-redonda com Heloísa Schurmann também estão na escalação.

“A transmissão pela internet não impõe limite de pessoas, desta forma, todos podem aproveitar a extensa e rica programação organizada para este momento de reflexão e aprendizado”, explica a secretária de Educação Cristina Barletta.

juicysantos.com.br - semana da educação em SantosImagem: Reprodução

Curtiu, né? Então bora ver a programação completa!

Programação completa

Segunda-feira (19 de julho)

9h30 – O mar que há depois do mar, com Mia Couto
11h – A natureza humana e o oceano: uma relação essencial, com Heloísa Schurmann, Cisco Araña e Ronaldo Christofoletti
14h30 – Percursos oceânicos, aprendizagens possíveis, com Laura Klink
16h – O papel dos zoológicos e aquários na conservação das espécies, com Alex Ribeiro
19h – Perdidos da Infância – uma arqueologia praiana do plástico, com Marcos Piffer

Terça-feira (20 de julho)

8h30 e 13h30 – A epidemia oculta: saúde mental em tempos de pandemia, Rodrigo Bressan
8h30 e 13h30 – Educação de 0 a 3 anos: os princípios da Abordagem Pikler, com Leila Oliveira
10h30 e 13h30 – Olhares sobre os espaços, com Diana Tubenchlak
10h30 e 13h30 – Santos: meio ambiente cultural e social, com Daniella Oliveira e André Müller
10h30 e 15h30 – O que significa “planejar” na Educação Infantil?, com Maíra Dourado
10h30 e 15h30 – Formação leitora, com Denise Guilherme
10h30 e 15h30 – A metodologia dos diálogos como ferramenta de transformação, com Monica Mumme
10h30 e 15h30 – Narrativas de profissionais da educação no cotidiano da escola pública: potências
singulares, saberes plurais, com Guilherme do Val Toledo Prado
19h – A importância do capital psicológico em um mundo pós Covid-19, com Mônica Portella
19h – Apoiar o aleitamento materno é investir em um mundo melhor, com Alessandra Almeida de Jesus e Daniela Emmerich de Barros Aragão

Quarta-feira (21 de julho)

8h30 e 13h30 – Currículo e Educação Infantil: o desafio da construção de uma pedagogia para a
primeira infância, com Mônica Baptista
8h30 e 13h30 – Gestão da escola e educação de qualidade para todos, com Rosaura Soligo
8h30 e 13h30 – Novos multiletramentos em tempos de ensino remoto, com Jacqueline Barbosa
8h30 e 13h30 – Corpo e cultura, com Marcos Neira
8h30 e 13h30 – Elaboração do PEI: criando caminhos para a inclusão escolar, com Natalie Brito
10h30 e 15h30 – A organização de contextos investigativos na primeiríssima infância, com Alessandra Soares
10h30 e 15h30 – Educação Integral: concepção e práticas, com Natacha Costa
10h30 e 15h30 – Educação, Plataformas Digitais e Pandemia Covid-19: Desafios e Possibilidades, com Alan Costa
10h30 e 15h30 – “Eu ainda não sei!” – a importância de revisitar o papel do “erro” na formação de
estudantes e educadores, com Claudia Siqueira
10h30 e 15h30 – Diversidades! Para além do exótico…, com Bel Santos
19h30 – A escola da atualidade: olhares e construções para a Educação Integral, com
Palestrante Alcielle Santos

Se você tem interesse em algum dos eventos, basta acessar o canal no YouTube e assistir 🙂