Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Guia de finanças para pequenos negócios sobreviverem à quarentena

  • 1
    Share

Já estamos chegando ao segundo mês completo de quarentena.

Quem pode está trabalhando em casa. E utilizando bastante serviços de delivery pra fazer as compras.

Como nós temos falado aqui e lá no Instagram, nesse momento, é preciso pensar neles e apoiar os pequenos empreendedores.

Dá para fazer isso comprando seus produtos, divulgando as ações e também os avisando que o Sebrae lançou um guia pequenos negócios sobreviverem à quarentena. O material também é de grande ajuda para profissionais liberais e está disponível de graça.

Guia para pequenos negócios sobreviverem à quarentena

Em resumo, o conteúdo tem como objetivo apoiar os donos de pequenos negócios durante esse momento de instabilidade econômica. Para isso, traz orientações sobre como realizar o controle das finanças com a redução no movimento de clientes e, consecutivamente, faturamento menor.

juicysantos.com.br - pequenos negócios sobreviverem à quarentena

“A ideia é criar uma rede de apoio esses empreendedores. Afinal, eles desempenham um papel estratégico no desenvolvimento da economia brasileira e hoje respondem por 27% do PIB nacional. Ou seja, quase um terço de toda riqueza produzida no país”, explica o Presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Só para ilustrar, entre as dicas do Sebrae para enfrentar a crise, estão estas duas:

1. Previsão das despesas para os próximos meses

De acordo com eles, o ideal é ter em mente quais serão as despesas dos próximos dois ou três meses. Se acaso for possível, a identificação deve ser de acordo com o tipo de despesas. Com esses número em mãos, o próximo passo é negociar as despesas com maior impacto e também evitar o que não for crucial para a continuidade dos negócios.

2. Promoções

Você tem produtos em estoque há algum tempo? Então é uma boa estudar a possibilidade de realizar promoções com eles. Além disso, tente disponibilizar serviços de entrega para manter o nível de compra dos clientes. Aqui a ideia é uma só: aumentar o faturamento.

Os bancos também apoiam os empreendedores neste momento

Outra dica bem importante dada pelo Sebrae é de que a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) está apoiando empreendedores. O que isso significa? Os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander) vão prorrogar, por 60 dias, os vencimentos de dívidas de micro e pequenas empresas e também de pessoas físicas.

Isso é válido para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores já utilizados.

Se você é um microempreendedor, costuma participar de bazares em Santos ou então é um profissional liberal, vale a pena conferir as dicas. Basta clicar aqui e acessar a íntegra do guia e também um infográfico sobre o assunto 🙂