Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Oficina de interpretação corporal em Santos com Pamela Duncan

Essa é uma ótima notícia para a galera que tem veia artística. Então, se você ama teatro ou conhece alguém que sonha em se tornar uma estrela dos palcos, leia o post atentamente e marque-o assim que terminar: em janeiro, tem oficina de interpretação corporal em Santos.

E não é qualquer pessoa que estará à frente das aulas. Pamela Duncan, diretora do grupo de teatro físico A Peste, Cia Urbana de Teatro e professora de Teatro vem diretamente de São Paulo ministrar as aulas que acontecem entre os dias 23 e 27, na TESCOM – Escola de Teatro.

curso interpretação corporalImagem: Reprodução/João Pessoa

Das 19 às 21h30, os alunos terão a oportunidade de aprender com bagagem da profissional, em aulas dividas na seguinte dinâmica:

– Introdução ao gesto orgânico – Mímica – Pantomima – Equilíbrio/Desequilíbrio
– Relaxamento -Técnica vocal – Idiomas lúdicos – Dicção – Interpretação de texto
– Teatro instantâneo – Introdução à interpretação – Jogos de expressão – Exercícios de interpretação
– O Ator – Gesto X Interpretação
– Montagem Final: Cena de uma peça de Moliére

Participe

São apenas 30 vagas, por isso os interessados devem se inscrever o quanto antes.

Para isso, basta entrar em contato através do e-mail  [email protected] ou do telefone (13) 2333-6060. Não há informações quanto ao valor de investimento.

A TESCOM fica na Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 195, Macuco.

* O curso é indicado para maiores de 15 anos.

Pamela Duncan

É diretora de teatro, cenógrafa, figurinista e produtora .

Formou-se em Artes Cênicas em Buenos Aires, completando seus estudos no Exterior e no Brasil. Seus principais professores forma: Antoinete de São Martin, Nola Rae (Inglaterra), Florent Pelayo(França) e o mestre Augusto Fernandez,dança no Stagium e mímica com o mimo Angel Elizondo.

Atualmente dirige a companhia A Peste, Cia. Urbana de Teatro. Com destaque nos espetáculos A Fantástica Trupe em…A Princesa Engasgada e Moliere.