Inglês de verdade é aquele que te livra dos perrengues da vida real

É desembarcar do avião em um país estrangeiro e sentir aquele frio na barriga.

Será que vou dar conta de me comunicar em Inglês aqui?

Se você já viajou pro exterior e passou alguma dificuldade na hora de explicar o que queria ou então viveu alguma situação no trabalho em que não saber se expressar direito no idioma te derrubou, nós te entendemos.

Embora o Inglês esteja bastante presente em boa parte das nossas vidas – da música no rádio até a série do momento na Netflix -, muita gente ainda passa perrengues por não ter a fluência na língua.

www.juicysantos.com.br - inglês em santos cultura inglesa santos

Inglês de verdade no seu dia a dia

Hoje em dia, o ensino está cada vez mais empoderador, tornando os alunos protagonistas e transformando seus cotidianos por meio de uma imersão verdadeira em todos os aspectos de falar Inglês.

Conversamos com alunos da Cultura Inglesa em Santos e eles compartilharam com a gente histórias de dificuldades que enfrentaram antes de optar por um curso de Inglês de verdade, com professores capacitados e uma escola totalmente preparada para receber quem está em busca de sair de vez do nível “iniciante” e viver o Inglês fora da sala de aula.

5 histórias de quem passou perrengue por não falar Inglês

“Fui estudar em Toronto (Canadá) e precisei chamar um Uber. Já começou aí o perrengue, porque nós usamos o aplicativo em Português e lá, as orientações vinham em Inglês. Resumindo: peguei táxi. Outra dificuldade é que eles usam muitos molhos picantes na comida. Os atendentes falam muito rapidamente e então quase tudo o que comi era com pimenta!

Mas a pior história aconteceu quando rompeu o cano da pia do banheiro (do local em que me hospedei) e tive que pedir ajuda no hall, porque o banheiro estava inundando. Na hora, a gente nem lembra do tradutor e sai falando um monte de bobeira. 

Estou na Cultura Inglesa por conta da necessidade de usar na empresa em que trabalho. Iniciei os estudos em um site de cursos, mas não senti grandes avanços. Os professores qualificados e o contato com outros alunos faz você aprender bem mais rápido”. 

Eron da Silva, 39 anos, engenheiro de vendas

“Vivi uma situação nada agradável, quando mandei um e-mail para um setor da empresa em que trabalho traduzindo um texto no Google. Uma palavra não ficou muito legal. O termo ficou traduzido para ‘remédio’ e o correto seria ‘solução’. Aí meu ex-coordenador falou que era melhor ter mandado em Inglês. 

Entre idas e vindas, tenho estudado Inglês por 12 anos, e consigo me virar bem lendo e até escrevendo algo não muito elaborado. E sempre tive aquela vontade de estudar na Cultura Inglesa. Muita gente fala que é o lugar pra aprender de verdade”.

Felipe da Silva Barbosa, 38 anos, analista de segurança de informação

“Estudo Inglês há bastante tempo, mas nunca concluía. Viajei para a Austrália em janeiro, já com nível intermediário. Mas nunca tinha viajado de avião e nem para outro país. No início da viagem, tive que fazer um ‘transbordo’ em Dubai e aí já começaram os desafios. Eu não entendia nada no cardápio da companhia aérea, apenas chicken. Então passei o trajeto inteiro comendo frango até chegar na Austrália.

Passei por outros perengues também, como comprar passeios na Austrália sem saber muito bem o que eles estavam falando. Só consegui com muita mímica. Situações como solicitar o troco correto e colocar crédito no cartão de transporte também eram desafiadoras.

Por isso, além desses micos, resolvi investir melhor no aprendizado do idioma para chegar a um nível avançado e firmar meus conhecimentos adquiridos na viagem”

Suellen Domingos, 25 anos, analista de equipamentos

“Estava comprando uma correntinha para minha esposa em uma loja em Nova Iorque. Quando a vendedora me mostrou a peça, pedi a ela uma maior, ou seja, quis dizer mais comprida, e falei que minha esposa era ‘big’. Então ela me olhou, fez um gesto com as mãos em volta da barriga e depois sobre a cabeça e perguntou ‘big or tall?’. Ou seja, ela entendeu que eu estava dizendo que minha esposa era alta, e não gorda. 

Eu trabalho em comércio exterior, então a cada dia que passa, o Inglês fluente se torna mais importante. Em viagens, meu nível é até aceitável, mas precisava de mais fluência para as atividades profissionais. Escolhi a Cultura Inglesa Santos pela tradição”

Fábio da Silva, 42 anos, despachante aduaneiro

“Desde pequena, gostava muito de música, então nos anos 80, eu adorava pegar os álbuns e ler as letras. Quando não entendia, procurava no dicionário. Então alguma coisa eu já sabia. 

Fiz o curso na adolescência e tive que parar na época da faculdade. Desde 2013, fiz alguns amigos holandeses e eles falam o Inglês como segundo idioma, eles me incentivaram a voltar a treinar mais a fluência na fala do Inglês. Talvez eu vá morar na Europa em breve e acredito que vai facilitar muito para trabalhar e estudar. 

Os principais perrengues são de não lembrar as palavras ou pronunciar errado os termos. Eu trocava foot e feet toda hora e meus amigos ficam me corrigindo. Também já aconteceu de pedir comida achando que era uma coisa e, na hora que chega o prato, ver que era algo totalmente diferente. Ou falar algo pra uma pessoa e ela entender tudo diferente. 

Meu filho de 24 anos, totalmente fluente, estudou na Cultura Inglesa e agora eu faço Inglês lá também. É uma das melhores escolas de Inglês do país. Vou finalizar o Intermediário e pretendo fazer as provas de Cambridge”. 

Carla Alves Gentil, 48 anos, advogada

www.juicysantos.com.br - cultura inglesa santos

Cultura Inglesa em Santos

Falar de tradição em escola de Inglês em Santos é falar da Cultura Inglesa. A escola, que chegou à cidade em 1942, fez parte da vida de muita gente, como eu.

Entre seus diferenciais, além dos melhores professores da Baixada Santista e uma super estrutura com novas tecnologias e atividades extracurriculares como aulas de teatro, coral e palestras (todos em Inglês!), está o fato de oferecer matrículas sem taxa e não exigir um contrato de fidelidade. Ou seja, você não fica preso ao curso se não estiver satisfeito.

www.juicysantos.com.br - cutlura inglesa em santos spApresentação de grupos teatrais no Drama Festival da Cultura Inglesa/Foto: Daniel Spalato

Chega de falar que não tem tempo ou que tem vergonha de praticar!

Quer saber seu nível de Inglês?

Faça o teste online aqui

Você também pode marcar uma conversa com um professor da Cultura Inglesa Santos para saber qual o melhor curso para você preenchendo os campos abaixo:


Seu Nome:*


Seu e-mail:*


Celular:*

Faça um tour pela unidade Santos da Cultura Inglesa com a professora Ana:

A Cultura Inglesa em Santos fica na Av. Conselheiro Nébias, 569, Boqueirão. Tel: (13) 3221-6484.

www.juicysantos.com.br - cultura inglesa em santos sp

Funciona de segunda a quinta-feira, das 8 às 21 horas; às sextas-feiras, das 8 às 18 horas e aos sábados, das 8 às 16 horas.