Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Composta Santos incentiva reciclagem de resíduos orgânicos

Nós já eliminamos os canudos de plástico, separamos os lixos recicláveis e até temos como descartar as esponjas da cozinha de maneira correta. Mas o que você faz com os restos de comida, cascas e outros resíduos sólido orgânicos  da sua casa? Essa é a questão que o Composta Santos quer solucionar.

O programa de incentivo à reciclagem de resíduos sólidos orgânicos de Santos é uma iniciativa daquelas que devem ser comemoradas. Afinal, estamos falando de uma maneira de reduzir o envio de materiais para aterros sanitários e também melhorar a agricultura urbana.

O que é o Composta Santos

Em resumo, o Composta Santos é um programa de incentivo à reciclagem de resíduos orgânicos.

Atualmente, o projeto se prepara para inaugurar o Pátio de Resíduos Orgânicos de Santos. De acordo com a divulgação da prefeitura, o novo local – localizado na Alemoa – terá uma área de mais de 800 m² e deve receber diariamente cerca de 6 toneladas de resíduos orgânicos provenientes de feiras livres e da poda urbana.

Dá para imaginar quanto resíduo ganhará um novo destino?

Todo o material recebido será trabalho em um sistema de leiras (sobreposição dos materiais orgânicos que permite a compostagem de grandes volumes). E o adubo gerado, denominado biofertilizante, será usado em áreas verdes da cidade tais como, por exemplo, parques municipais e praças públicas.

Além disso, o programa também tem uma vertente em educação ambiental. Neste sentido, escolas, ONGs, universidades e condomínios em Santos receberam 54 composteiras para começar o trabalho localmente.

“Em 2018, fizemos a distribuição e treinamento das pessoas envolvidas. Atualmente, temos visitado periodicamente os locais para avaliar o trabalho desenvolvido e ajudar as equipes a fazerem o alinhamento de sua realidade dentro dos conceitos propostos no projeto”, explica o inspetor ambiental da Semam, André da Silva Nascimento.

Composteira em casa: faça você a sua parte

Achou a ideia interessante? Então que tal fazer uma composteira aí na sua casa?

Essa da foto fica na área de serviço do apartamento da Flavia Saad, editora do Juicy Santos.

www.juicysantos.com.br - composta santos - exemplo de composteira em apartamento em santos sp

Sim, é possível ter uma composteira caseira e isso não é tão difícil quanto parece. No site do Composta Santos, dá para encontrar dicas bacanas a respeito do tema. Mas, vamos um breve resumo: você pode comprar uma composteira doméstica (custa, em média, R$ 100 no Mercado Livre) ou então fazer a sua em casa mesmo. Neste caso, você vai precisar de:

  • três baldes grandes (tipo aqueles de cloro de piscina ou manteiga)
  • uma furadeira ou ferro de solda, para perfurar os baldes
  • uma torneirinha
  • terra
  • algumas minhocas

Esse vídeo explica todo o processo: