Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Como será o Dia Livre de Impostos em 2020? Descubra e aproveite os descontos

  • 1
    Share

Há quem aguarde a black Friday para ir às compras.

Mas a verdade é que, no Brasil, o Dia Livre de Impostos se torna tão vantajoso quanto a data importada dos EUA. Primeiramente, porque acontece meses antes. E, além disso, tem o motivo de a data trazer descontos incríveis – que, às vezes, chegam até 70% do valor dos produtos.

Tradicionalmente, essa mega liquidação, que busca conscientizar as pessoas sobre a alta carga tributária aqui do país, acontece no mês de junho. Por conta da pandemia, a gente já estava recebendo o seguinte questionamento nas redes sociais do Juicy Santos:

Vai ter Dia Livre de Impostos em 2020?

Se você estava se perguntando exatamente isso, pode comemorar. Pois o rolê está confirmadíssimo.

Aliás, anota aí: esse ano, o Dia Livre de Impostos será em 4 de junho, quinta-feira, em uma edição totalmente online! Em alguns sites, os descontos podem seguir até o dia 7, que é pra  ninguém ter desculpa para não comprar aquele item que há tempos estava no carrinho.

www.juicysantos.com.br - dia livre de impostos

“Essa é uma grande oportunidade para as empresas venderem nesse momento tão difícil e ainda protestarem contra a alta carga tributária e as dezenas de obrigações acessórias no nosso país”, afirma Jean Carlos, Coordenador Estadual da CDL Jovem em São Paulo.

Ainda de acordo com ele, no dia livre de impostos em 2020 produtos e serviços podem ter até 70% de desconto, que pode ser aplicado em:

  • Eletrodomésticos;
  • Eletrônicos;
  • Telefonia;
  • E serviços.

Cada estado possui um percentual de tributação. Você pode conferir a lista completa de produtos e lojas participantes no site (basta clicar aqui).

Quanto pagamos de impostos no ano

Acaba que o Dia Livre de Impostos é visto como uma oportunidade de comprar e gastar pouco.

Mas, na realidade, a ideia é mostrar como funciona o pagamento de impostos no país.

Então, vale lembrar que o brasileiro trabalha cerca de 153 dias (5 meses) para pagar impostos. Isso de acordo com um estudo do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação).

Bastante, né?