Texto porLudmilla Rossi
39 anos - Santos
TAGs

Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino

  • 1
    Share

O Conselho da Comunidade Negra e a Sectur trazem para Santos um evento importante: a Semana da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, que acontece de 19 a 25 de julho de 2021.

Se você acompanha o Juicy Santos há um tempo, deve lembrar que essa é uma pauta importante e que sempre reforçamos o quanto é importante prestigiar e comprar de pessoas pretas.

Compre de empreendedores pretos

Em 2020, no dia 20 de julho, nós lançamos o Guia de Empreendedores Pretos criado pelo time Juicy Santos, que ainda se mantém atual e você pode baixar (e também compartilhar com seus amigos no WhatsApp).

Além disso você pode prestigiar, no próximo sábado, 24 de julho na Casa da Frontaria Azulejada, vai rolar a Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino.

Alzira Rufino - Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino

Alzira dos Santos Rufino, ativista na luta pela igualdade racial e enfermeira, nasceu em Santos e é quem nomeia a feira. Batalhadora, incansável na luta pelos direitos da mulher, sobretudo da mulher negra, foi precursora do Coletivo de Mulheres Negras da Baixada Santista. Também foi a primeira escritora negra a ter seu depoimento
registrado pelo Museu de Literatura Mário de Andrade, de São Paulo, precursora do Afro empreendedorismo em Santos e Fundadora da Casa de Cultura da Mulher Negra em Santos.

Sobre o evento Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino

O evento contará com artesanato, exposição de serviços de profissionais liberais, recanto literário e cultural, recanto cigano, gastronomia, apresentações artísticas, estúdio Tienda Kumpania Romai, cultura, arte e danças étnicas (Projeto “Guerreiros de Dandara”).

Entre os talentos que se apresentam estão o percurssionista Edson Cabeça (Som Instrumental), Claudia Franca e Banda, Aydan Madureira Smithd, Batho E Djama Moraes (“Sarau De Poetas Negros”), Grupo Cigano Umpania, Romai, Sociedade Santista Do Samba e Rádio Planet 013.

Se você não entende a importância de eventos como esse, indicamos a leitura dos textos publicados pela Tânia Regina Pinto como Por que o racismo no Brasil está mais vivo do que nunca, ou esse texto maravilhoso sobre letramento racial.

São textos ótimos escritos por uma mulher negra, que assim como a Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino, merecem a atenção de todos.

Por que 25 de julho é importante?

A data 25 de Julho teve origem durante o 1º encontro de Mulheres Afro-Latino-Americana e Caribenha realizada em Santo Domingos, República Dominicana, em 1992. Estipulou-se que este dia seria o marco internacional da luta e da Resistência da mulher negra.

Ao longo dos anos a data vem se consolidando no calendário de luta do Movimento Negro, bem como o papel de denunciar as conseqüências da dupla opressão que sofrem com o Racismo e o Machismo.

A data é importante por chamar à reflexão para a situação de um dos setores mais explorados e oprimidos da sociedade que é a mulher negra e para os indicadores sociais, econômicos e políticos, que denunciam essa condição da mulher negra na sociedade brasileira. No Brasil, o dia também em homenagem a Tereza de Benguela, líder quilombola que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas.

Tereza de Benguela ou Rainha Tereza como costumava ser chamada, viveu no século XVIII e foi uma mulher negra e líder quilombola do Quilombo do Piolho, também conhecido como Quilombo do Quariterê, que se localizava entre o rio Guaporé e a atual cidade de Cuiabá no Estado do Mato Grosso.

Informações
Feira de afro empreendedorismo Alzira Rufino
Horário: 10:00 às 18:00 horas
Local: Casa da Frontaria Azulejada – Rua do Comércio-96 – Centro de Santos
Realização: Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra e Promoção de Igualdade Racial – CMPDCNPIR
Apoio: SECRETARIA MUNICIPAL DE EMPREENDEDORISMO, ECONOMIA CRIATIVA E TURISMO e SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E COPIRE – Coordenadoria de Promoção de Igualdade Racial e Étnica de Santos.