Texto porFlávia Saad
39 anos - Santos (SP)

Sereias da Inovação: projeto santista para inserir mulheres na tecnologia

  • 1
    Share

Se você também acredita que uma cidade mais justa e criativa passa pela igualdade de gênero, educação de qualidade e oportunidades de crescimento econômico para todos, então esse projeto vai te encantar como o canto de uma sereia.

A presença de mulheres na tecnologia e na inovação sempre passa por aqui. E Santos só tem a ganhar quando elas estão envolvidas.

Entre as várias iniciativas que adoramos, existe a B2Mamy, por exemplo, que conecta mulheres ao ecossistema de startups.

Agora, chegou a hora e a vez de elas conquistarem mais um espaço: o do Parque Tecnológico de Santos.

Pra isso, a iniciativa Sereias da Inovação concorre a uma emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil e precisa do seu voto até o dia 16 de setembro para sair do papel.

www.juicysantos.com.br - sereias da inovação mulheres no parque tecnológico de santos

Sereias da Inovação

Segundo a publicitária Karina Martins, que desenvolveu o projeto para o Parque Tecnológico e também atua como professora na Esamc Santos, a ideia é traçar um paralelo entre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU com os problemas reais que as mulheres das comunidades locais enfrentam no mercado de trabalho.

Assim, os treinamentos são direcionados para mulheres em situação de vulnerabilidade social em Santos, que desejam trabalhar com tecnologia, mas não têm condições de pagar pelas aulas ou se dedicar plenamente a uma formação gratuita.

No Brasil, apenas 20% dos profissionais que atuam no mercado de TI são mulheres, de acordo com o IBGE. E elas representam apenas 15% dos matriculados nos cursos de ciências da computação.

Portanto, o propósito do Sereias da Inovação é preparar meninas e mulheres para não apenas atuarem, mas serem protagonistas no mercado de tecnologia e inovação. Assim, vai dar ferramentas como ensinar programação, design, modelagem de negócios, growth marketing e outras habilidades para elas. Ministrados por especialistas, os cursos e trilhas de conhecimento serão online durante a pandemia e com possibilidade de virarem presenciais após.

“Mais do que ensinar a teoria e prática sobre programação, inovação e negócios, design para web e growth marketing, queremos empoderar meninas e mulheres, preparando e inspirando-as a ingressarem em uma carreira no mundo da tecnologia, reduzindo as desigualdades de gênero, com políticas que visem os Direitos Humanos e Segurança Pública, por meio da iniciativa”. 

Para isso, o projeto vai contemplar, a cada ciclo, 30 meninas ou mulheres cis ou trans de todas as idades, desempregadas, estudante, mães, comunidades indígenas, caiçaras e quilombolas e que já trabalham em outros setores e desejam mudar de área. Como estão previstos 8 ciclos com 30 mulheres cada, estima-se um impacto social positivo na vida de, em média, 240 mulheres.

O Sereias da Inovação será dividido em 3 módulos:

  • Para começar
  • Para aprender
  • Para decolar

Ao final da formação, elas estarão super preparadas para se colocar no mercado de trabalho de tecnologia e inovação.

Elas precisam do seu clique

Quer ajudar essa ideia incrível a acontecer? Então vote aqui neste link.