22/11/2018 Por Flávia Saad Indivisibilidade

16 dias pelo fim da violência contra a mulher: agenda em Santos

Criada pela ONU Mulheres, a campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher existe desde 1991 ao redor do mundo.

Aqui no Brasil, ela faz todo o sentido. O país é o segundo mais violento para ser do gênero feminino, com altos índices de estupros, violência doméstica e feminicídio, entre outros problemas.

www.juicysantos.com.br - 16 dias de ativismo mulher

Em 2018, começando no dia 23 de novembro (sexta-feira), Santos se junta a outras cidades para realizar as suas próprias atividades e chamar a atenção para a violência de gênero.

Ao longo dos já citados 16 dias – até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos – toda a sociedade é convidada a debater e refletir sobre a questão. E não só isso: temos que falar e nos fazer ouvidas a respeito de tudo o que as mulheres sofrem apenas por conta de seu gênero. A Agenda pelo Desenvolvimento Sustentável 2030, que engloba o plano 50-50, incentiva a igualdade de gênero, o empoderamento das mulheres e a eliminação da violência contra mulheres e meninas. Estas são metas centrais para o desenvolvimento sustentável até 2030 segundo a Organização das Nações Unidas.

www.juicysantos.com.br - 16 dias de ativismo e combate à violência contra a mulher

Santos participa dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência de gênero

Nós reunimos aqui neste post ações que vão acontecer por aqui. Parte das iniciativas tem à frente o núcleo Baixada Santista do grupo Mulheres do Brasil, liderado por Luiza Helena Trajano. Todas são gratuitas.

Marque na agenda as que mais interessam e participe!

Sexta-feira (23 de novembro)

Mulheres sem mordaça, com a advogada Yonne Souza Vaz (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de São Vicente) e Bimama Joaquina Nzamba (nascida em Luanda)
Horário: 15 horas
Onde: Câmara Municipal de São Vicente

Domingo (25 de novembro)

Encontrão de ativismo a violência contra mulher, com capoeira, varal de poesia, contação de histórias, batalha de conhecimento, comunicação não-violenta, rodas de conversa sobre saúde da mulher, brincadeiras de rua
Horário: das 16 às 19h –
Onde: Praça do BNH

Quarta-feira (28 de novembro)

Programa de rádio Hora do Sabbat
Horário: 19h30
Onde: Unifesp, Rua Silva Jardim, 136, Vila Mathias

Quinta-feira (29 de novembro)

Roda de conversa sobre padrão de beleza feminino
Horário: das 8 às 12 horas
Onde: Secretaria de Educação, Rua Visconde do Embaré, 14, Centro

Roda de rima 013
Horário: 20 horas
Onde: orla com o canal 3

Terça-feira (1º de dezembro)

Roda de conversa sobre as questões da violência de gênero e o Dia Mundial de Combate à AIDS
Horário: 15 horas
Onde: Emissário Submarino

Segunda-feira (3 de dezembro)

Roda de conversa comunicando a violência contra a mulher
Horário: 19 horas
Onde: Universidade Santa Cecília

Quarta-feira (5 de dezembro)

Palestra para agentes comunitários de saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Santos
Horário: às 9h30 e às 14h30
Onde: Praça dos Andradas, 27, Centro

Quinta-feira (6 de dezembro)

HeForShe: evento de conscientização sobre a violência contra a mulher
Horário: 18h30
Local: OAB – Santos, Casa do Advogado, Praça José Bonifácio, 55, Centro

Sessão de cinema A Vênus Negra
Horário: 18h30
Onde: Sindicato dos Bancários de Santos

Sábado (8 de dezembro)

Roda de conversa na ONG Associação Unidos por Amor à Cristo
Horário: 17h30
Onde: sede da ONG no México 70

Domingo (9 de dezembro)

Encontrão de ativismo – Violência contra a Mulher, com dança, varal de poesia, batalha de rima, CNV e brincadeiras de rua
Horário: 10 às 13 horas
Onde: Mercado Municipal de Santos, Praça Iguatemi Martins, sem número, Centro

Share Button