Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Dificuldade para dormir na quarentena: como driblar essa insônia

  • 1
    Share

Estamos caminhando para o terceiro mês de quarentena em Santos e região.

Muitos hábitos mudaram e a nossa produtividade oscila dia a dia, né?

Mas, para muitas pessoas, uma rotina que tem sido difícil de adaptar é a falta de sono. Nós estamos tendo esse problema e também recebemos relatos de vários leitores passando pela mesma dificuldade para dormir na quarentena.

Isso pode ser resultado da ansiedade, do medo e também da energia acumulada – já que ir à academia não é possível e nem mesmo pequenas caminhadas cotidianas. E aí fica a pergunta.

Como lidar com a dificuldade para dormir na quarentena?

Já que o sono é uma função importante para a saúde, ficar sem dormir ou ter poucas horas de sono não é uma boa estratégia. De acordo com a psicóloga Kady Maiara Moura Sousa, dormir bem é uma estratégia importante para evitar o adoecimento mental e físico.

juicysantos.com.br - Dificuldade para dormir na quarentena

Segundo ela, essas são algumas maneiras eficazes de melhorar a qualidade do sono:

  • Estabelecer horários para dormir e acordar, pois a rotina do sono é fundamental para estabelecer e manter o nosso ritmo biológico;
  • Evitar ficar o dia todo no quarto ou de pijama. Isso mostra ao seu cérebro que o dia começou e ajuda no preparo para as atividades programadas;
  • Expor-se à luz solar, em casa, e ser ativo durante o dia;
  • Diminuir o uso de aparelhos eletrônicos duas horas antes de dormir;

Além disso, ela indica meditação e diz que o ideal é esperar o sono chegar para ir para cama.

“Ir para a cama sem sono pode aumentar a ansiedade”, a psicóloga explica.

Se nenhuma das dicas surtir efeito, você deve buscar a ajuda de um profissional. Isso porque o sono permite, entre outras coisas, a restauração e recuperação energética do corpo, melhora do humor e do aprendizado.

Ajuda psicológica nessa quarentena

Você não tem um psicólogo e está com o orçamento apertado para começar a fazer terapia? Não tem problema! Vários profissionais estão disponibilizando parte de seus horários para atendimentos gratuitos. Tudo o que você precisa fazer é entrar em contato, agendar um horário e dizer o que está sentindo.

Cuide da sua saúde mental nesse momento. E, se for possível, fique em casa 🙂