Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
37 anos - Santos (SP)

Antes e depois: Bruna Monte, do Fique Magra Bru

A professora Bruna Christino Monte, do Fique Magra Bru, nunca se imaginou sendo influenciadora digital e mostrando sua batalha contra os quilos a mais para mais de 180 mil seguidores no Instagram.

Mas, graças ao seu carisma, sua simplicidade e a uma história de vida que é muito parecida com a de todos nós, ela hoje atende pelo @fiquemagrabru no Instagram. Ela também tem um canal ótimo no YouTube e está no Facebook.

Conhecemos a Bruna Monte no cruzeiro da Chilli Beans no ano passado e ficamos totalmente impressionadas com a jornada de perda de peso dela, de 131 para 81 kg.

E não só isso: a comunidade que se formou em torno das suas redes sociais tem uma pegada de sororidade, empatia e muito apoio, diferentemente de tantos perfis por aí que disseminam práticas nada saudáveis pra emagrecer.

www.juicysantos.com.br - fique magra bru bruna monteFoto: @samanthamarcrucci

Aos 27 anos, Bruna mandou embora nada menos do que 50 kg até hoje. O que ela fez pra emagrecer 50 kg? Deixou pra trás o sedentarismo e passou a adotar uma alimentação balanceada.

Fique Magra, Bru!

Conversamos com Bruna pra conhecer um pouco mais sobre seu antes e depois.

Juicy Santos: Como começou sua briga com a balança?
Bruna Monte: Sempre estive acima do peso, desde os meus 9 anos. Mas era algo até que “dentro do limite”. Na adolescência, lembro que cheguei aos três digitos. Desde então, não parei de engordar, chegando aos 130 kg com apenas 24 anos.

Juicy Santos: Como você se sentia acima do peso?
Bruna: Nunca liguei para os padrões impostos. Sempre fui muito bem resolvida – mesmo acima do peso. Mas a minha saúde comecou a gritar por socorro e eu não podia mais negligenciar esse pedido.

Um belo dia resolvi mudar

Juicy Santos: O que fez você ter seu ponto de virada?
Bruna: O ponto principal foi perceber que não conseguia mais fazer algumas atividades básicas do cotidiano. Amarrar um tênis, subir uma escada, sentar em cadeiras de plástico. Em seguida, comecei a ter problemas de má circulação nas pernas. Isso fazia com que eu tivesse muita dificuldade em caminhar e as dores eram terríveis. Com 24 anos, tive que ir ao vascular e isso me deixou muito assustada.

Juicy Santos: O que você fez, na prática, para emagrecer?
Bruna: A famosa reeducação alimentar. Não foi uma dieta com um nome especifico. Fui à nutricionista e aprendi a me alimentar com alimentos saudáveis, a chamada COMIDA DE VERDADE. Especialmente aquela que compramos na feira: frutas, legumes, carnes, frango, ovos. Troquei o ônibus pela bicicleta para ir ao trabalho e larguei o sedentarismo.

Juicy Santos: Quem te ajudou nessa jornada?
Bruna: Minha mãe me ajudou muito. Sempre me incentivou e me ajudou na preparação dos alimentos. Depois vieram as redes sociais e o carinho das seguidoras me motivou.

Caminho sem volta

Juicy Santos: Quanto tempo durou?
Bruna: Durou, não. Dura até hoje e não tem data para acabar. Comecei em janeiro de 2015, há quase 4 anos. Não podemos começar uma reeducação achando que depois que emagrecermos poderemos voltar a comer como antes, pois é ilusão. Se não se vigiar, engorda tudo de novo.

Juicy Santos: Quais foram as coisas mais importantes que você aprendeu pelo caminho?
Bruna: Aprendi muito sobre autoconhecimento, amor-próprio e resiliência. O primeiro porque é preciso conhecer seu corpo, enfrentar seus demônios, entender a compulsão e ansiedade para conseguir, de fato, levar o emagrecimento adiante. O segundo, porque costumo dizer que é preciso se amar MUITO para conseguir modificar hábitos de toda uma vida. E o terceiro, porque é necessário entender que nem sempre teremos dias bons. Os dias ruins servem para te fazer mais forte para seguir em frente. Compreender que cair e fraquejar faz parte do processo me fez não desistir.

Antes e depois: Bruna Monte

www.juicysantos.com.br - bruna monte fique magra bru

Juicy Santos: Qual foi o impacto do emagrecimento na sua vida?
Bruna: Creio que a qualidade de vida que ganhei é simplesmente surreal. Me sinto mais disposta, com vontade de viver.

Juicy Santos: O que foi mais legal?
Bruna: Criar o Fique Magra Bru foi o mais legal nessa jornada. Comecei sem intenção nenhuma, apenas para me motivar. Hoje, somos quase 200 mil pessoas se apoiando. Rola muita empatia, sororidade e amizade. Eu mostro minhas alegrias, fraquezas e lutas. Fiz diversas amigas. E isso não tem preço.

Siga as dicas da Bru

Juicy Santos: Que dica você dá para quem vai começar esse processo?
Bruna: Entender exatamente essa palavra PROCESSO. Vai demorar, você não vai acordar magra. É preciso ter muita paciência. Emagrecer é muito mais que corporal, é sobretudo MENTAL. Se conhecer, se amar e ser resiliente. Fraquezas sempre existirão, mas DESISTIR não pode ser uma opção.

Juicy Santos: O fato de morar em Praia Grande te beneficiou de alguma forma a emagrecer?
Bruna: Sim, me ajudou muito, pois iniciei caminhadas na praia e ter a cidade toda preparada para o ciclista também me beneficiou muito na utilização da bicicleta como transporte.

www.juicysantos.com.br - bruna monte fique magra bru instagram

Juicy Santos: O que te fez desejar mostrar isso nas redes sociais? E como isso te ajudou a ter perspectiva de tudo?
Bruna: Foi para me motivar que comecei a postar no Fique Magra Bru. Meu instagram começou junto com a mudança de vida, em janeiro de 2015. Minha luta está toda registrada lá e acho isso incrível, pois tem muita gente que não acha que é possível ou ainda tem dúvidas. É a prova documentada de que com força de vontade conseguimos chegar em qualquer lugar.

Juicy Santos: Quais são seus planos para o futuro?
Quero muito iniciar um projeto para ajudar ainda mais as pessoas a emagrecer com saúde. Sei que essa ajuda é importante, pois também tive as minhas inspirações para não desistir da luta.

Fique magra Bru no YouTube

Pra se inspirar, conheça também as histórias de antes e depois da Lorraine Santoni e da Elaine Lopes.