Luiz Gomes Otero
Texto porLuiz Gomes Otero

Janis Joplin e seu despertar musical em Sex, Dope and Cheap Thrills

O ano de 2018 marcou o 50º aniversário do icônico segundo álbum de estúdio do grupo Big Brother & The Holding Company. Também é a estreia da gravadora Cheap Thrills, que apresentou ao mundo uma das vocalistas mais reconhecidas da história do rock: Janis Joplin.

Para comemorar este aniversário, o selo Legacy lançou Sex, Dope e Cheap Thrills em homenagem ao título, originalmente destinado ao álbum de 1968. Este acabou rejeitado pela gravadora por ser muito controverso para a época.


A banda tinha Sam Andrew (guitarra), James Gurley (guitarra), Peter Albin (baixo), David Getz (bateria) e Janis Joplin (vocal). O grupo se guiava pelo som psicodélico que já estava em alta naquela época. Ou seja, no final dos anos 60.


Sex, Dope e Cheap Thrills apresenta performances raras das sessões originais do álbum, 13 das quais são inéditas. E inclui versões inéditas de clássicos, como Summertime, I Need a Man to Love e Piece of My Heart.

Janis Joplin brilha

É muito interessante ouvir as versões cruas de estúdio das canções que entrariam para a história como o despertar da estrela Janis Joplin. Apesar de ser um grupo, é inegável que a força e o talento da cantora estavam além das pretensões musicais da Big Brother. Sua saída para a carreira solo era algo inevitável. Uma pena que acabou de forma abrupta em 1970, com sua morte por overdose de drogas.


Mas também podemos perceber que a banda tinha em James Gurley um outro destaque. Guitarrista de talento intuitivo, produziu solos bem acabados, que se encaixavam bem no espírito do que a Big Brother representava no cenário musical da época. Há, ainda, uma versão gravada ao vivo de Ball And Chain em abril de 1968 em São Francisco, terra onde se fortaleceu o som psicodélico naquela década.


O presente lançamento também traz notas especiais escritas especialmente para esta ocasião comemorativa da vocalista do Jefferson Airplane, Grace Slick, e do baterista do Big Brother & The Holding Company, David Getz. E é um item obrigatório para os fãs de Janis completarem a sua coleção. Audição mais do que recomendada.