Texto porFlávia Saad
40 anos - Santos (SP)

Dança inclusiva em Santos

Todo mundo pode dançar!

Esse é o lema do Studio de Dança Inclusiva, que até dezembro oferece aulas gratuitas de dança para qualquer pessoa interessada, independente da idade, capacidade física e cognitiva e de suas eficiências e deficiências.

Podem participar interessados em dança, bailarinos e atores profissionais, estudantes de Artes, educadores, pessoas com deficiência física, sensorial ou intelectual, mães com filhos pequenos, crianças e jovens com dificuldades de aprendizagem, idosos, ou seja, não há barreiras para a arte.

www.juicysantos.com.br - dança inclusiva em santos

A metodologia se baseia nos pilares do Contato Improvisação, do Danceability e dos Jogos Teatrais. Todos os participantes são tratados com igualdade, tendo como único pré-requisito a vontade de dançar.

Leia também: Ballet e jazz para adultos em Santos

As aulas vão até dezembro, e em janeiro será formado um grupo com os que tiverem interesse em continuar o trabalho.

Os encontros acontecem todas as quintas-feiras das 19 horas às 20h30, no Centro de Atividades Integradas de Santos (C.A.I.S. Vila Mathias, Av. Rangel Pestana, 184, Vila Mathias).

www.juicysantps.com.br - dança para todos

Para mais informações, mande um e-mail: [email protected], ou curta a página do Facebook Studio de Dança Inclusiva.

A ação tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Revista Sanatório Geral.

Aprender a ouvir

A artista e educadora Paula D’Albuquerque, responsável pelo projeto, explicou ao Juicy Santos que a dança promove uma reavaliação dos conceitos e preconceitos e ajuda a aprender a ouvir. “Em um mundo onde não temos mais tempo para perceber o que se passa à nossa volta, onde as relações são desgastadas pela falta de contato e constantemente somos atropelados pela pressa, a Dança é um caminho para a transformação silenciosa, que aponta para uma cultura da paz“, conta.

dança-inclusiva-santos1

O método da dança inclusiva parte do pressuposto que todos temos corpos, entendimentos e possibilidades diferentes e propõe um caminho de descobertas das habilidades que cada pessoa tem na dança.