06/12/2017 Por Juicy Santos Música, Para curtir

Kleber Serrado e A Rota do Indivíduo no Sesc Santos

Em novo show, Kleber Serrado tenta traçar uma cronologia sobre a evolução humana partindo do conceito de servidão.

Para contar a história desse projeto, fui até a casa do cantor para entender a fundo essa ideia. Afinal de contas, um projeto artístico realizado por etapas merece uma atenção mais dedicada.

O início foi há aproximadamente um ano. A busca por sua identidade musical foi longa, e hoje, Kleber Serrado, cantor paulistano radicado em Santos, sabe que está atrelado à busca do ser humano de forma integral.

www.juicysantos.com.br - kleber serrado cantor de santos sp

No sábado (9 de dezembro), no teatro do Sesc Santos, às 20 horas, o público poderá conhecer uma das etapas desse grande projeto dividido em fases: o show A Rota do Indivíduo, que percorre o processo de expansão da consciência por meio de canções da MPB.

Serrado já está na estrada há mais de 10 anos e, como todo artista, passou pelo processo de compreender para onde a música o levaria e onde gostaria de chegar com essa arte. Numa imersão profunda de “quem é esse cantor?”, Serrado conclui:

“Quando ouço uma música eu vejo uma pessoa, e vivo a busca constante por encontrá-la e conhecê-la mais de perto”.

Entre Âmbito– primeira etapa que consiste em uma série com 15 vídeos, disponível em seu canal do Youtube – e A Rota do Indivíduo, existe uma fase intermediária, que leva o nome de Elo. O intuito desta ação seria apresentar a música da maneira como ele a acredita.

“A música deve ser tocada com simplicidade, trazer um grau de pureza em que ela fique nua diante dos sentidos mais profundos do interlocutor”, explica.

Elo está nesse show e tem como proposta apresentar algumas músicas “desnudas”.

kleber-serrado-cantor

Na apresentação do Sesc Santos, Serrado dará continuidade à série de vídeos Âmbito. Nesta etapa do projeto, o objetivo era reunir canções e parceiros para falar sobre o que move a vida de tanta gente, além de executar canções que representassem a beleza dessa arte.

Inspirado por artistas como Milton Nascimento, Renato Braz, Vitor Ramil, Gilberto Gil, Raul Seixas, Vander Lee, Lenine, Renato Motha e outros, a preparação do show exigiu do cantor um cuidado extremo com a escolha do repertório.

“São canções que agradam ao público de modo geral, mas que trazem questionamentos, geram um certo incômodo diante da busca pelas respostas, da fragmentação à consciência da inteireza”.

Todo o show foi pensado para trazer à tona a força da música como ferramenta humana e mexer com o espectador – desde a montagem do palco até o cenário e a interação com o público.

Acompanhado dos músicos Alexandre Birkett (viola e guitarra), Bruno Conde (violão), Lenon Rodrigues (cello), Rodrigo Vilela (Sax), além das participações especiais de Mateus Sartori (Voz) e Breno Ruiz (piano), o show é uma preparação da mensagem que virá no disco Kairós, seu quarto álbum, previsto para 2018. O disco trará canções inéditas, compostas por amigos que fazem parte dessa trajetória, com um tema central: a “busca da transcendência através da consciência”, mas sem misticismo ou qualquer forma de segmentação.

O artista acredita, ainda, que vivemos um momento de sair da superficialidade, de entender quem somos e como queremos viver, para que no futuro possamos construir uma sociedade consciente, altruísta, colaborativa e responsável.

Então, aproveite e se reconheça nessa rota como indivíduo que és, afim de iniciar a jornada do “busca-te a ti mesmo” tendo a companhia da música.

“Convido cada um de vocês para participar desse encontro e, que juntos possamos olhar e ressignificar algumas canções nessa rota que nos torna mais humanos. Venham todos! Espero vocês no dia 9 de dezembro, às 20h”.

Acompanhe o mais sobre Kleber Serrado no site oficial e redes sociais.

Facebook: https://www.facebook.com/KleberSerrado/
Instagram: https://www.instagram.com/kleberserrado/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCkO4PweiqyVRItN50NWnXng

Por Sarah Mascarenhas, mãe da Letícia, fissurada nos Simpsons, Pottermaníaca, uma magrela de magrela, amante de desenhos animados, uma caipira do interior paulista que resolveu descer a serra há pouco tempo e apaixonada por cultura.
Se quiser me conhecer melhor, siga no Instagram @_sarah_mascarenhas, no Facebook na página ou no blog sarahcura.blogspot.com.br.