26/06/2018 Por Flávia Saad Arte, Para visitar

Pippi Meialonga visita Santos

Pippi Meialonga, a menina de tranças ruivas, é uma personagem icônica da cutura pop infantil.

Vinda da longínqua Suécia, ela desembarcou em Santos para alguns passeios, devidamente registrados na exposição fotográfica Pippi em Santos.

Os cliques são de Paulo Villar, com curadoria de Rodrigo Accioly.

A mostra começa nesta sexta-feira (29 de junho), no Museu Pelé, e fica disponível para visitação até dia 15 de setembro.

www.juicysantos.com.br - pippi meialonga em santos

Pippi, a menina mais forte do mundo, nasceu da imaginação da escritora infanto-juvenil sueca Astrid Lindgren em 1945. Notavelmente, teve suas aventuras traduzidas para mais de 70 línguas.

Para homenagear Astrid, promover sua obra e lembrar e os 60 anos de uma época inesquecível para a amizade Brasil-Suécia, Pippi visita os pontos mais emblemáticos de Santos. Enquanto isso, faz uma viagem lúdica pelas paisagens e pela cultura. Quem interpreta a menina é Flavinha Scanuffo, de 12 anos.

Nós simplesmente AMAMOS as fotos da Pippi que estão nessa matéria, fazendo embaixadinha no Valongo e dando um rolê pelo Emissário!

Durante sua aventura, a garota encontra o “Canhão da Vila” Pepe, bicampeão mundial com a seleção brasileira em 1958 e 1962 e segundo maior artilheiro da história do Alvinegro Praiano. Pepe a convida a visitar a Vila Belmiro, onde encontram nos “Peixinhos da Vila” do sub-11 do Santos FC. Com eles, acontece uma mágica reconstituição da partida final de seis décadas atrás.

Quem é Pippi Meialonga

Apresentada no livro homônimo de 1945, ela era uma personagem bastante curiosa. Com seus cabelos vermelhos feito fogo, ela os amarrava em duas tranças bem apertadas. Também vestia duas meias bem compridas, e calçava um par de sapatos bem maiores que seus pés.

Em sueco, ela se chama Pippi Långstrump.

Carregava um baú cheio de moedas de ouro, o que fazia dela totalmente independente, algo bem inovador para aquela época. Já na metade do século XX, Astrid abordava em suas obras temas bastante atuais, como bullying, preconceito e poder feminino.

“Pippi é uma menina que tem poder. Isto é extraordinário, pois leva a criança a pensar que, se fosse a Pippi poderia dizer a seus pais: Não faça isso!”. Pippi tem o poder, mas não abusa dele, o que é mais difícil quando se tem nas mãos”, disse a escritora em 1985.

www.juicysantos.com.br - pippi meialonga em santos na ilha de urubuqueçaba

Visite a exposição Pippi em Santos

O Museu Pelé fica na Largo Marquês de Monte Alegre, s/n, Valongo.

A entrada para a exposição é gratuita. Funciona de terça-feira a domingo, das 10 às 19 horas. Para o museu, a entrada custa R$ 10 e a bilheteria fecha às 17 horas.

O evento é uma realização da M31 Produções com apoio de Volvo Cars, BrazilCham Sweden, Santos Futebol Clube, Prefeitura de Santos e Companhia das Letras, com parcerias de Espaço Visual, Studio LB e Moura Sport.

Share Button